Há muitas formas para prevenção do câncer de mama. E prevenir é a melhor maneira de diminuir o número de óbitos pela doença. Por isso, foi criada a campanha Outubro Rosa, que faz um alerta sobre a importância da conscientização e de manter os exames atualizados. 

Criado na década de 90, a campanha tem alcance internacional e visa à detecção precoce da doença. Dessa forma, é possível garantir um tratamento muito mais eficaz e com grandes chances de cura.

Quer saber mais sobre o Outubro Rosa? Continue lendo este post! Com ele, você vai entender qual é o impacto da campanha e conhecer 5 ações de prevenção contra o câncer de mama.

 

A importância da campanha Outubro Rosa

O câncer de mama é mais incidente em mulheres e, em 2020, atingiu a triste marca de 2,3 milhões de novos casos. Para reduzir esses números, a campanha internacional Outubro Rosa acontece todos os anos para expor a importância do diagnóstico precoce. Afinal, quando descoberta ainda no início, a doença tem 95% de chance de cura.

Veja abaixo algumas medidas de prevenção!

 

1. Exames periódicos

Fazer exames com regularidade já faz parte da rotina das mulheres. No entanto, além da mamografia, outros exames também são importantes para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Alguns exemplos são o exame do toque, o ultrassom da mama e a ressonância magnética.

Em casos de suspeita, outro exame é essencial, já que a confirmação da presença do câncer só pode ser feita a partir de uma biópsia.

 

2. Prática de atividade física regular

A prática de exercício físico está relacionada a uma melhora na qualidade de vida e isso não é novidade. No entanto, para alguns estudos, as atividades físicas podem melhorar também o metabolismo de alguns hormônios relacionados ao câncer de mama.

De acordo o artigo da revista Nature, 1 em cada 10 mortes por câncer de mama poderiam ter sido evitadas com 30 minutos de atividade física por dia.

 

3. Alimentação mais saudável

Exercício físico aliado a uma alimentação saudável é a receita para aumentar a imunidade. Estudos confirmaram que a união da boa alimentação com exercícios diminuiu a mortalidade de 60% de mulheres com câncer de mama.

Por outro lado, o consumo de alimentos inadequados representa 35% de risco de aparecimento da doença. O consumo de 400g de frutas e hortaliças por dia é o indicado pela OMS.

 

4. Menos ingestão de bebida alcoólica

Outra ação importante para prevenir o câncer de mama é a redução da ingestão de bebidas alcoólicas. Segundo médicos, uma dose de álcool por dia aumenta as chances de câncer de mama em 5%. Além disso, há o perigo de ingerir bebidas de grãos contaminados com aflatoxina (substância cancerígena).

 

5. Não fumar

É comum relacionar o câncer de boca e de pulmão ao tabagismo, mas será que ele afeta também a mama? Segundo estudos, sim. O cigarro afeta as vias hormonais durante o desenvolvimento mamário, aumentando, assim, as chances de desenvolver a doença.

Ainda sobre o cigarro, a exposição excessiva ao fumo de forma passiva também pode afetar mulheres na pré-menopausa.

 

O câncer de mama tem cura. Como visto no texto de hoje, algumas práticas diárias podem ajudar a prevenir a doença ou detectá-la precocemente. Alimentação adequada, exercício físico, não fumar e diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas são ações essenciais. Além, é claro, de fazer com regularidade os exames necessários. 

Você já segue o Previda no Instagram? Se ainda não, Clique aqui para acompanhar as nossas novidades, sorteios e promoções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *