Cuidar da saúde de quem sempre cuidou de você é uma forma de retribuir todo o carinho que você recebeu. E a qualidade de vida das pessoas idosas está diretamente relacionada à saúde preventiva. Mas, antes de dar o primeiro passo, é importante conhecer alguns aspectos importantes conforme as recomendações dos médicos. 

Quer entender melhor? Confira tudo sobre o assunto no texto de hoje!

Como a medicina preventiva ajuda?

Como diz o ditado, prevenir é melhor que remediar! A medicina preventiva é uma especialidade médica com foco em reduzir os impactos das enfermidades na saúde e melhorar a qualidade de vida das pessoas. 

Ela é importante, sobretudo, para os idosos, que precisam muito de cuidados preventivos para evitar o aparecimento de doenças comuns com o avançar da idade. Por isso, essa área da medicina não pode ser negligenciada por esse público ou por seus cuidadores. 

Leia abaixo e descubra 4 dicas preventivas, indicadas pelos médicos, para os idosos:

1. Alimentação adequada

Cuidar da saúde preventiva dos idosos começa por um bom acompanhamento nutricional. Pois, a reposição de nutrientes nessa fase da vida é essencial. Além disso, existem alguns alimentos que devem ser evitados, já que facilitam o surgimento de doenças como a hipertensão e o diabetes.

Por isso, optar pelo acompanhamento de um nutricionista pode aumentar as defesas do organismo do idoso por meio de uma alimentação balanceada. Assim, diminuem-se as chances de contrair doenças.

2. Prevenção de quedas

Acidentes por quedas são frequentes em idosos e podem gerar lesões ou fraturas graves. No entanto, é possível fazer algumas mudanças antes que o pior aconteça. As primeiras podem ser feitas em casa. Preste atenção em escadas, tapetes, má iluminação e pisos escorregadios. Eles são os maiores causadores das quedas.

Por isso, usar chinelos e calçados com solados antiderrapantes, também, são outras indicações dos especialistas para evitar esse tipo acidente.

3. Exames periódicos 

Fazer exames periódicos é algo essencial para detectar doenças e tratá-las a tempo. É importante, principalmente, para a saúde preventiva dos idosos. Afinal, enfermidades mais comuns, como infecção urinária, diabetes, osteoporose, podem ser diagnosticadas a tempo. Por isso, cuidar de idosos significa, em primeiro lugar, fazer, sempre que possível, exames laboratoriais.

4. Vacinação em dia

Algumas doenças são mais comuns em pessoas idosas. Entre elas, a meningite e a pneumonia podem causar danos irreversíveis e levar a morte. A notícia boa é que, para muitas delas, já existe vacina. Por isso, quando o assunto é prevenção de doenças, as vacinas são um dos fatores mais importantes para se proteger.

Portanto, lembre que com a saúde dos idosos não se brinca e a vacina salva vidas.

5. Exercícios físicos

É preciso também prevenir as doenças da alma. Solidão, estresse e tristeza são emoções humanas que podem ajudar a desenvolver doenças no corpo. No entanto, é possível preveni-las com exercícios físicos, que são os melhores remédios. 

Afinal, as atividades físicas, sobretudo as praticadas em grupo, melhoram a saúde física e mental, promovendo mais qualidade de vida.

Os cuidados com os idosos passam impreterivelmente pela prevenção de doenças. E, para isso, é necessário seguir à risca as indicações da medicina preventiva. E os cuidados vão desde uma alimentação adequada e exercícios físicos até vacinas, exames médicos e prevenção de quedas. Dessa forma, seguindo no caminho recomendável, é possível proporcionar mais bem-estar e qualidade de vida para os idosos.

Gostou deste conteúdo? Aproveite para curtir a nossa página no Instagram e ficar por dentro de mais dicas como esta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *